Início >> Brasilia >> Biografia de opositores não resiste a pesquisa no Google
qui, 12/17/2015 - 11:18

Biografia de opositores não resiste a pesquisa no Google

Intenert /

BRASÍLIA — A presidente Dilma Rousseff afirmou que a tentativa de interromper o seu mandato deve ser entendida como um golpe porque a Constituição não prevê “invenção de motivos” para o impeachment. Ela discursou durante a abertura da 3ª Conferência Nacional da Juventude.

— A Constituição prevê sim esse processo de impeachment, o que ela não prevê é a invenção de motivos. Isso não está previsto em nenhuma Constituição. Por isso, aqueles que tentam chegar ao poder de forma a saltar a eleição direta, eles oscilam entre invenções e falácias porque não há como justificar o atentado que querem cometer contra a democracia. É isso que nós chamamos de golpe — afirmou Dilma.

Ela atacou ainda adversários atacando a biografia dos que desejam tirá-la do cargo.

— O mais irônico é que muitos dos que querem interromper meu mandato tem biografias que não resistem a uma rápida pesquisa no Google — disse a presidente.

Dilma voltou a defender a legalidade dos atos orçamentários de seu governo, argumento usado pelos defensores do impeachment. Ela afirma que tudo foi feito dentro da legalidade. Disse ainda que o Brasil não tem um sistema parlamentarista para trocar o chefe de governo com base em uma crise política ou econômica.

Com plateia a favor, a presidente fez ainda ataques indiretos ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), ao citar a polêmica do fechamento de escolas.

— Não mudaremos o Brasil fechando escolas, isso é certo. Nós também não vamos mudar o Brasil reprimindo movimentos pacíficos com forças policiais. Nós sabemos que fechar escolas é extinguir sonhos, romper relações estabelecidas, é fragilizar o futuro — afirmou.

Fonte: oglobo.globo.com/ - POR EDUARDO BRESCIANI E WASHINGTON LUIZ

Compartelo en:
Anuncios
Anuncios

Anuncios